A solidariedade é um valor que pode ser definido como a tomada de consciência das necessidades dos outros e o desejo de contribuir e colaborar para a sua satisfação. Ser solidário, em resumo, é agir em prol do nosso próximo, de maneira genuína e da forma como está ao nosso alcance. Gestos simples de solidariedade provam o verdadeiro sentido do movimento e mostram como os simples atos podem transformar a sociedade a partir de atitudes práticas. Trata-se, então, de um valor que se deve incentivar tanto na família como na escola, afinal, as atividades escolares devem promover a formação social do sujeito. Mas como a solidariedade pode ser trabalhada de forma prática na sala de aula?

Com o projeto “Pequenos doutores da alegria”, idealizado pela professora Carla Aparecida de Oliveira Borges, os alunos da educação infantil aprenderam o valor da solidariedade e levaram doações e alegria para crianças com câncer, em Sarzedo (Minas Gerais).

Para conhecer o projeto da professora Carla Aparecida de Oliveira Borges na íntegra acesse aqui 

Baseando-se no trabalho dos célebres voluntários “Doutores da Alegria”, que realizam visitas a instituições hospitalares, a iniciativa teve como principal objetivo trabalhar a solidariedade com as crianças de cinco anos da Escola Municipal Antônio Pinheiro Diniz, em Sarzedo (MG). A professora Carla Aparecida, autora do projeto, conta que a iniciativa surgiu mediante a uma reflexão: “Vivemos em uma sociedade cada dia mais individualista. Pessoas buscam somente alegrar a si mesmo, esquecendo-se de valores simples como a solidariedade e a vontade de levar alegria a aqueles que necessitam. Como é possível ensinar as crianças a serem solidárias?” e foi a partir desse questionamento que surgiu o projeto.

As atividades desenvolvidas foram adaptadas para a idade dos alunos que participaram de campanhas de arrecadação, visitação de casas de acolhimento a crianças com câncer, ao qual todos foram vestidos de “Doutores da Alegria”, varal solidário na comunidade em que reside a escola e apresentação musical para a população da cidade, sensibilizando a todos pela iniciativa realizada. A partir da ludicidade, diversão e manifestações artísticas, os pequenos doutores da alegria foram encarregados de espalhar animação por onde visitaram. A iniciativa permitiu transmitir valores como autoestima, respeito às diferenças, amor ao próximo e amizade visando contribuir na formação do caráter da criança.

Por fim, a professora Carla Aparecida ainda conta que “A satisfação maior é você notar ações do dia a dia. Mudança de posturas, solidariedade entre colegas, excluindo preconceitos expostos pela sociedade”, onde as ações desenvolvidas transformaram os atos dos alunos em igualdade, respeito, cooperação e empatia que auxiliam na construção de uma sociedade mais justa e solidária, o que é responsabilidade de todos.

Esta incrível iniciativa está disponível no Banco de Práticas do Instituto Significare e foi selecionada entre os 350 projetos mais Transformadores do Brasil pelo Prêmio Professor Transformador. Inspire-se nessa iniciativa e participe da 2ª edição do Prêmio! Acesse https://significare.org.br/premio/ e inscreva o seu projeto.

* Por medida de segurança de dados, para acessar os projetos do Banco de Práticas é necessário efetuar cadastro. O processo é rápido e a medida preserva as informações dos autores dos projetos.

Voltar

Posts Relacionados

WhatsApp chat